Market share chega a 2,8% das vendas domésticas totais, puxado pelos híbridos HEV

Com 3.435 emplacamentos, as vendas de veículos eletrificados no Brasil tiveram o melhor mês de fevereiro da série histórica da ABVE.
Esse número equivale a um aumento de 147% sobre fevereiro de 2021 (1.389) e de 34% sobre janeiro de 2022 (2.558).
Corresponde também a 2,8% das vendas domésticas totais de automóveis e comerciais leves no Brasil, que foram de 120.192, segundo a Fenabrave.
Essa evolução indica que os eletrificados conquistam gradativamente mais participação no mercado doméstico total.
Em janeiro, por exemplo, o market share dos eletrificados foi de 2,2%. Em 2021 (janeiro a dezembro), de 1,8%.
Esses números referem-se à soma de automóveis, comerciais leves e utilitários/SUV híbridos (HEV), híbridos plug-in (PHEV) e 100% elétricos (BEV).
Em fevereiro, mais uma vez o mercado foi puxado pelos híbridos HEV (68% do total dos eletrificados), especialmente os híbridos flex a etanol (60%).
A frota de eletrificados leves no Brasil já é superior a 82 mil veículos, devendo ultrapassar a marca dos 100 mil no início do segundo semestre.
Considerando somente os elétricos plug-in, os PHEV ficaram com 20% das vendas do segmento e os BEV com 12%, com um total de 1.091 unidades emplacadas em fevereiro, ou 0,9% de market share.

DESAFIO
Segundo o presidente da ABVE, Adalberto Maluf, esse crescimento é positivo, mas pode e deve ser muito melhor.
“As vendas no Brasil estão crescendo. Entretanto, se compararmos só os veículos elétricos (BEV+PHEV), o Brasil emplacou apenas 0.9% do total em fevereiro”.
Ele comparou esse percentual com o da Alemanha, por exemplo, cujas vendas de elétricos (BEV + PHEV) saltaram de 3% do mercado local em 2019 para 26% em 2021 (25% em fevereiro de 2022).
Ou com a China, cujas vendas de veículos leves de “novas energias” (BEV + PHEV) atingiram 13,3% do gigantesco mercado do país em 2021. Na Europa, esse market share chegou a 17% no ano passado. Nos Estados Unidos, a 4%.
O mercado global de elétricos leves (BEV + PHEV) alcançou 8,3% das vendas totais, com 6,7 milhões de veículos vendidos em 2021 (EV Volumes).
No Brasil, no ano passado, as vendas de eletrificados foram de 34.990 unidades, incluindo os HEV, ou 1,8% do total (ABVE/Renavam).
“Esse cenário deve se transformar num desafio para a inserção das fábricas brasileiras nas cadeias produtivas globais” – acrescentou o presidente da ABVE.
“Se não avançarmos muito mais na eletrificação do transporte, correremos o risco de ver mais fechamentos de parques produtivos no Brasil”.
Essa é a agenda prioritária que a ABVE defenderá este ano no Congresso Nacional e junto aos candidatos a presidente e governador.

MOTORIZAÇÃO
Por tipo de motorização elétrica, as vendas de fevereiro de 2022 foram as seguintes:

  • 2.344 HEV (elétrico híbrido): 68% do total do mês (60% em janeiro);
  • 689 PHEV (híbrido plug-in): 20% (25,5% em janeiro);
  • 402 BEV (100% elétrico): 12% (14,5% em janeiro).

Dos 2.344 HEV emplacados em fevereiro, 2.057 correspondem aos veículos híbridos flex a etanol (60% do total).

As vendas, mais uma vez, foram puxadas pelos Corolla e Corolla Cross fabricados no Brasil pela Toyota, que aumentaram sua participação entre os eletrificados.

MAIS VENDIDOS
Os eletrificados mais vendidos em fevereiro foram:

1-Toyota Corolla Cross (HEV): 1.458
2-Toyota Corolla (HEV): 599
3-Volvo XC60 (PHEV): 198
4-Mercedes-Benz Classe C (HEV): 163
5-BMW X5 (PHEV): 123
6-Land Rover Discovery (PHEV): 107
7-Range Rover (PHEV): 96
8-Volvo XC40 (PHEV): 89
9-Fiat 500e (BEV): 88
10-KIA Stonic (HEV): 73

MARKET SHARE
Evolução da participação dos eletrificados leves nas vendas domésticas totais no Brasil. Autos + comerciais leves + utilitários/BEV (não inclui veículos pesados e levíssimos). HEV + PHEV + BEV:

  • 2020: 19.745 eletrificados vendidos – 1% de market share
  • 2021: 34.990 – 1,8%
  • Janeiro 2022: 2.558 – 2,2%
  • Fevereiro 2022: 3.435 – 2,8%.

SÉRIE HISTÓRICA

FONTE: ABVE/ Renavam/Anfavea
Veículos eletrificados = Veículos Elétricos Híbridos (HEV) + Veículos Elétricos Híbridos Plug-in (PHEV) +     Veículos Elétricos 100% a Bateria (BEV).
Automóveis + Comerciais Leves (não inclui ônibus, caminhões e veículos elétricos levíssimos).

Categories:

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Compart.
Twittar
Compartilhar
Compartilhar
Pin